top of page

INCLINAR 
MARIANA LEMOS E RAQUEL REIS 

dança e violoncelo 
 

inclinar pedro jafuno.jpg



INCLINAR é um duo de improvisação entre música e dança no qual a escuta, a presença e as nuances do som são o ponto de partida. Um encontro entre duas mulheres artistas: uma bailarina e uma violoncelista, um encontro entre a Mariana e a Raquel. Entre sonoridades que aparecem e desaparecem, sentimos os silêncios, as pausas, os acentos, a temperatura, as cores, a madeira. Dança-se a relação com a paisagem, o ambiente, a arquitetura e integra-se o corpo do violoncelo como um viajante do tempo. Um violoncelo antigo, que, também ele, traz a sua história, o seu corpo em presença. É um trabalho que tem a improvisação como linguagem, acontece no momento presente onde adivinha-se que os corpos deixam-se tocar, dobrar, ondular, baloiçar. Entre inclinações, arcos e curvas, podemos acompanhar uma conversa sempre nova entre os corpos destas mulheres e o mundo. São relações poéticas e livres entre a pesquisa artística e a experiência de vida de cada uma. Ao longo de cerca de 30 minutos, um encontro convida à comunicação e à partilha do movimento do som que se faz corpo, que afeta e se deixa afetar.

INCLINAR tem o apoio do c.e.m - centro em movimento para o desenvolvimento da pesquisa e criação. 

bottom of page