lxlivre.png
LX LIVRE - instalação/gravação do disco
2, 3, 4 DEZ 2021 
Fábrica do Pão/Casa do Capitão  - 18h30 às 21h30

bilhetes e informações aqui

LX LIVRE BLOCK PARTY
5 DEZ 2021 
Musicbox - 17h 

bilhetes e informações aqui

Sintonia. Encontro. Presença.

 

Com os olhos postos no tempo em que vivemos, perguntamo-nos sobre novos formatos de partilha que possam refletir sobre um fazer artístico específico. No nosso caso, a música experimental, que tem a improvisação como linguagem. 

 

Nesta busca, queremos saborear outras formas de exercer a arte do encontro. 

Com esta criação, LX LIVRE, procuramos um caminho transformador, que considera tanto a relação dos artistas com os seus pares, quanto a proximidade-distância de quem vê, ouve e partilha, cocriando os momentos, o público. 

 

O LX LIVRE surge como uma proposta carregada do desejo de amplificar o encontro por meio da improvisação, uma criação forjada nos domínios da performance e também da edição.


 

afárá realizações artísticas

LX  LIVRE: Um mergulho numa experiência de escuta e contemplação do improviso musical

 

A afárá realizações artísticas, produtora cultural criada em 2020, apresenta um evento que é simultaneamente uma instalação artística, uma performance e a gravação de um disco. 

 

Nos dias 2,3 e 4 de dezembro, 13 músicos de jazz e música experimental, estarão na Fábrica do Pão, em Marvila, a tocar em improviso para a gravação de um álbum. 

 

No dia 5 de dezembro, um evento especial, com 3 sets e muitas horas de duração, marca o encerramento do projeto, no MUSIC BOX.  

 

O evento, organizado pela produtora afárá, consiste numa instalação artística preparada para receber o público, que é convidado a acompanhar o processo de gravação num lugar especialmente criado para o efeito. Este é um formato inspirado no documentário PJ Harvey: A Dog Called Money. Trata-se de um espaço cenográfico que público e músicos partilham. Quem assiste, terá acesso a diversas perspectivas e escutas, que farão da experiência de cada indivíduo uma fruição única. 

 

Contextualização parceria com Rodrigo Brandão

apresentação Mariana Lemos 

 

Conheci o artista de spoken word brasileiro Rodrigo Brandão, em Lisboa, em 2019. Apresentado pelo saxofonista e figura incontornável no cenário da atual música independente de São Paulo, Thiago França (meta meta, Charanga do França, …). Brandão é programador, produtor, performer com parcerias internacionais destacadas, está a viver em Lisboa desde então, e é aqui, nesta cidade, onde eu própria tenho construído um caminho num cenário artístico de resistência, que temos nos encontrado e criado juntos.

 

Brandão trouxe consigo o primeiro disco gravado ao vivo em São Paulo, onde inaugurou uma linguagem própria, fruto de uma vida musical com diferentes influências e conhecimentos (Rodrigo Brandão é um artista do spoken word vindo do cenário mais inconformado e resistente da música independente de São Paulo, com um longo percurso que já lhe permitiu cruzar-se, em projectos e em palcos com nomes como Naná Vasconcelos, Rob Mazurek, Prince Paul, Pharoah Sanders, Marshall Allen e Sun Ra Arkestra e Brian Jackson). Com esta nova forma de fazer som, propõe um encontro entre a palavra, a improvisação livre e o free jazz. O primeiro volume :”Outros Barato”, foi produzido em São Paulo no ano de 2017 e reúne cerca de 17 artistas.

 

Quando chegou à Lisboa, já trazia também, a experiência transformadora, de ter gravado um segundo disco, ao vivo, numa turnê pelo Brasil, que uniu 4 membros da mítica Sun Ra Arkestra a um seleto time de improvisadores brasileiros, muitos dos quais tinham gravado já o seu primeiro disco. Dois anos e uma pandemia se passaram… e o disco OUTROS ESPAÇO foi lançado pelo Selo Sesc no Brasil e teve uma edição especial em vinil, que acabou de ser lançada pela Comets Coming/Groovie Records e que atualmente é o disco que está a ser apresentado na Europa. 

 

Desde então tenho acompanhado Rodrigo na descoberta de músicos improvisadores que vivem na capital portuguesa e que, pouco a pouco, foram dando forma a uma parceria que agora se juntará, em dezembro de 2021, para a gravação do terceiro disco do Brandão. São eles Carla Santana (eletrônicas), Rodrigo Amado (saxofone), Hernâni Faustino (contrabaixo), João Valinho (bateria e mais recentemente Yedo Gibson (saxofone), Pedro Melo Alves (bateria) e Luís Vicente (trompete). 

 

Também é deste encontro potente com este artista inquieto que surge a afárá realizações artísticas, que, ao lado da produtora cultural Lysandra Domingues, têm sido a concretização e a inauguração de uma forma de fazer acontecer projetos e criações experimentais nas artes performativas, com um investimento particular na música, com toda uma bagagem que trazemos de quase vinte anos de trabalho em Lisboa, fazendo a ponte entre Brasil e Portugal… Um exemplo disso é a parceria com o destacado trompetista português Luís Vicente, com quem temos vindo a colaborar em projetos mais recentes.

 

LX LIVRE SINTONIA ENCONTRO PRESENÇA é uma criação que é ao mesmo tempo: uma instalação artística, uma performance e a gravação de um disco ao vivo. Acontecerá em Lisboa, entre a Fábrica do Pão|Casa do Capitão e o Musicbox, entre os dias 2 e 5 de dezembro. O projeto tem apoio da Fundação GDA e do Garantir Cultura e é produzido e realizado pela afárá realizações artísticas.